geekices

Consulta Pública sobre Cópia Privada

Faço aqui eco do press-release da Ansol acerca da Consulta Pública Europeia sobre Cópia Privada de 2012.

Lisboa, 31 de Maio de 2012: A Associação Nacional para o Software Livre participa na consulta pública europeia sobre taxação da cópia privada, na continuidade do seu trabalho.

A ANSOL lida com a temática do Direito de Autor desde a sua formação em 2001, altura em que começou a acompanhar a Diretiva Europeia do Direito de Autor na Sociedade de Informação, e desde há vários anos que tem tentado evitar a disseminação de taxas pela cópia privada no meio digital.

Apesar do tom unilateral presente no questionário, a ANSOL não podia deixar de participar no processo, tal como o fez numa consulta pública anterior e em torno do infame Projeto de Lei 118/XII“, diz Rui Seabra, presidente da Direção da ANSOL.

As perguntas presentes no questionário[1] efetivamente partem do pressuposto que a taxação da cópia privada é um facto, e estão orientadas à harmonização das mesmas na União Europeia, evitando a pergunta de se devem ou não ser aplicadas.

CONTACTOS http://ansol.org/contacto

A resposta da ANSOL a esta consulta está aqui.

música

Cakes and Tapes: uma editora portuguesa com boas surpresas e cassetes

cakes and tapes

Graças a uma publicação do Miguel Caetano no Facebook, descobri uma editora portuguesa, sediada em Aveiro, chamada Cakes and Tapes. Como o nome sugere, esta editora dedica-se à comercialização de edições limitadas de álbuns em formato cassete. Espero que não tenham pensado que vendiam bolos – se bem que incluir um pastel hermeticamente selado em cada cópia enviada aos clientes não era mal pensado.

A Cakes and Tapes tem debaixo da sua alçada alguns projectos musicais já com vários álbuns editados. Um deles, Plastic Flowers, despertou-me curiosidade e em boa hora. A sonoridade deles insere-se no Shoegaze, bastante melódica como manda o estilo. E o melhor é que o álbum “Natural Conspiracy” – dos vários que já lançaram, o único que tive oportunidade de ouvir até ao momento – está licenciado com a Creative Commons, como a maioria dos álbuns comercializados pela editora.

Uma outra banda representada em formato K7 pela editora é o projeto nacional Birds Are Indie. Mas estes, meus conterrâneos, já os conheço e recomendo. Mesmo que não gostem de Indie Folk, não percam a oportunidade para os ouvir, nem que seja um pouco.

Algo interessante sobre a Cakes and Tapes é que é um projecto a solo do Diogo Soares Silva. Dêem então um salto até ao site da editora e explorarem todos os lançamentos. Depois, podem encomendar uma ou mais cassetes, tendo sempre em conta que são edições limitadas e o design é personalizado. É de salutar uma editora que acrescenta valor aos seus produtos, em vez de ser sempre a mesma coisa processada até quase ao infinito.

Para terminar este post, deixo-vos com o álbum Natural Conspiracy, dos Plastic Flowers, que mencionei no início do texto. Podem encomendá-lo no Bandcamp por apenas €7, em formato K7, sem quaisquer custos de portes de envio.

geekices

Síndrome de cólon irritável ligado a crescimento excessivo de bactérias

A síndrome do cólon irritável, uma maleita de que sofro e que consegue impor algumas limitações à minha vida, parece estar relacionada com o crescimento excessivo de bactérias no intestino.

A ligação entre estes organismos e a síndrome foi descoberta graças a um estudo do hospital norte-americano Cedars-Sinai. De acordo com o director da instituição e um dos participantes da investigação, Mark Pimentel, a presença excessiva de bactérias origina uma quantidade excessiva de metano no intestino, causando a sintomatologia habitual.

Este estudo contou com a participação de mais de 320 pessoas, a quem foi recolhida uma amostra de intestino. Nos pacientes com síndrome do cólon irritável, mais de 1/3 também mostrou crescimento excessivo de bactérias, ao passo que menos de 10% das pessoas sem a síndrome mostraram o mesmo aumento.

Uma solução eficaz para esta síndrome, de acordo com Mark Pimentel, é o rifaximin, uma antibiótico que é absorvido apenas pelo intestino. Pelo que consegui descobrir, não é comercializado em Portugal.

via Science Blog

geekices

“O crime de copiar e o direito de censurar”

Ludwig Krippahl, o autor do blog “Que Treta!”, fez uma apresentação sobre Direitos de Autor no colóquio sobre Crime Informático (IEEE e NOE, FCT) a 23 de Maio de 2012. Se têm algum interesse por este tema, recomendo vivamente o download dos slides (em PDF) e a audição da apresentação.

Em alternativa, o áudio da palestra pode ser descarregado do Blip em dois formatos: alta resolução (29MB)[1]; baixa resolução (10MB). Se optarem pelo download, aconselho-vos a abrir primeiro a link no parágrafo anterior que encaminha para o Blip e só depois descarregar o ficheiro. Isto parece ser uma particularidade irritante do Blip; pelo menos, foi só assim que consegui descarregar os ficheiros.

[1] mirror para o vídeo, gentilmente cedido pelo Luis Carvalho

geekices

Micro computador com Android 4 à venda

android_microcomputer.jpg

Há uns meses, o micro computador Cotton Candy fez furor junto dos fãs de Android e Ubuntu. Por 199 dólares americanos e com o tamanho de uma pen USB, qualquer pessoa podia utilizar um dos dois sistemas operativos em qualquer lugar e com uma performance interessante.

Depois, veio o Raspberry Pi. Embora seja um pouco maior (sensivelmente do tamanho de um baralho de cartas), a versão mais cara custa significativamente menos que o Cotton Candy e apresenta especificações muito boas para o custo que tem. Não só isso, também é mais hacker friendly, isto é, é mais fácil alterá-lo, mesmo a nível de hardware.

Os micro computadores com Android estão a ter algum sucesso e prova disso é o aparecimento de mais um. Embora ainda não se conheça o seu nome, sabe-se que tem origem na China e vem com a versão 4 do sistema operativo desenvolvido pela Google instalado.

A nível de hardware, não está nada mal servido. Ora vejam:

  • Processador Allwinner A10/1GHZ Cortex-A8;
  • 512MB de ram DDR3;
  • 4GB de armazenamento
  • GPU 2D/ 3D/ OpenGL ES2.0(AMD Z430)/OpenVG1.1(AMD Z160) 27M Tri/sec
  • Porta HDMI com suporte para FullHD (1080P/2160P)
  • Wireless 802.1b/g/n

Isto tudo por 74 dólares americanos, mais portes de envio, através do site AliExpress.com. É sem dúvida uma opção a considerar para os fãs do Android e interessados em geral, tendo em conta o preço reduzido e as características que possui.

geekices

The Pirate Bay disponibiliza novo IP para permitir acesso

Depois da decisão legal em barrar o acesso ao The Pirate Bay (TPB) através do domínio e dos IPs que tinha associados, o staff do site adicionou um novo IP que permite novamente o acesso. Também, foram feitas alterações para tornar o acesso através de proxies não censuradas mais simples e fácil de implementar pelos administradores das mesmas.

O novo IP do TPB é o 194.71.107.80. Se não conseguiam aceder normalmente a este site ou ao tracker, utilizem este novo endereço. Aproveitem agora, porque é possível que ele fique indisponível a curto-prazo.

via Boing Boing

geekices

ZaReason entra no mercado dos tablets com o ZaTab

zatab.png

A norte-americana ZaReason vai expandir o seu negócio de fabrico de computadores para o mercado dos tablets, com o lançamento do ZaTab. Contudo, ao contrário dos computadores, que vêm com Ubuntu pré-instalado, este tablet vem com Android ICS (Ice Cream Sandwich), a versão 4.x deste sistema operativo desenvolvido pela Google.

Relativamente ao hardware utilizado, e tendo em conta que custará 349 dólares americanos (aproximadamente €274.03), deixa um pouco a desejar. As especificações são:

  • Processador ARM A8 Cortex @ 1.2Ghz (Single core)
  • GPU Mali400 (capaz de descodificar vídeo a 1080p, etc)
  • 1GB RAM DDR3
  • 16GB armazenamento interno
  • Ecrã touch de 9.7″ (1024×768 pixeis) capacitivo
  • Câmaras traseira e frontal
  • Wi-Fi
  • Slot MicroSD
  • 2 portas microUSB e microHDMI

O ZaTab é mais um tablet Android de gama média baixa. Até mesmo o hardware utilizado é comum nesta gama. Apesar disso, tem alguns pontos positivos que o ajudam a destacar-se. São eles a duração da bateria, capaz de aguentar até 14 horas de visualização de vídeos ou até 9 horas de jogos 3D, o bootloader não vir fechado a sete chaves e o aspecto limpo e cuidado que aparenta ter.

Este penúltimo ponto vai certamente permitir o port de várias roms baseadas em Android e possivelmente até de outros sistemas operativos. O Ubuntu, dada a boa relação que a ZaReason tem com esta distribuição, é um dos prováveis candidatos.

geekices

Cientistas teorizam que cada buraco negro contém um universo

Um grupo de físicos defende que o nosso universo poderá estar dentro de um buraco negro. Esta teoria, de acordo com os investigadores, oferece uma melhor explicação que o fenómeno do Big Bang para a criação do cosmos e para as forças presentes nele.

Nikodem Poplawski é um dos investigadores que estuda esta teoria. Num artigo publicado no site Machines Like Us, Nikodem afirma que o nosso universo poderá estar dentro de um buraco negro e que outros universos poderão existir dentro de outros buracos negros.

Our universe may exist inside a black hole. This may sound strange, but it could actually be the best explanation of how the universe began, and what we observe today. It’s a theory that has been explored over the past few decades by a small group of physicists including myself.

A noção de universos dentro de buracos negros, de acordo com o investigador, elimina alguns dos problemas levantados pelo fenómeno do Big Bang, como a origem da explosão que iniciou a criação do cosmos, e assenta em duas teorias já existentes.

A primeira é uma adaptação da Relatividade Geral, conhecida como Teoria da Gravidade de Einstein-Cartan-Sciama-Kibble. Ela foi proposta em 1960 e já toma em conta os efeitos dos mecanismos quânticos presentes no universo.

Mecânica Quântica é a segunda teoria. Dela, foi importado o conceito de torção para explicar de que forma os buracos negros podem dar origem a um universo dentro de si.

As duas teorias que servem de base a esta nova explicação para a origem do universo permanecem distintas, apesar dos esforços de vários investigadores para as combinar numa única teoria de Gravidade Quântica. O sucesso nesta fusão poderá ajudar a explicar melhor vários fenómenos do universo, como a matéria negra.

Link

nota: se detectarem alguma incorrecção neste post, não se admirem. apesar de ter lido vária informação sobre o tema apresentado, física não é de longe a minha praia. peço-vos que, se possível, usem os comentários para fazer alguma correcção.