curiosidades

Como seria estar do outro lado

O ser humano está no topo da cadeia alimentar. Fruto disso, causámos a extinção de algumas espécies e cometemos atrocidades com outras em nome do proveito próprio.

Não me refiro a matar animais para comer, mas à matança em nome da moda, do entretenimento [sádico] ou do desempenho sexual.

Por exemplo, as touradas são uma forma [sádica] de entretenimento para alguns. E para o touro? E se os papéis fossem invertidos? Alguns artistas imaginaram como seria esta troca de papéis, e o site Detechter compilou alguns dos resultados.

curiosidades

O vosso gato não gosta de vocês e talvez tente matar-vos

A última parte do título poderá ser exacerbada, mas nunca fiquem com muita certeza disso ou poderão acabar por ter uma surpresa pouco agradável. Não é que o vosso gato tenha alguma coisa contra vocês; a verdade é que ele está apenas preocupado em ter as suas necessidades satisfeitas, seja por vocês ou por outras pessoas quaisquer.

A conclusão deste comportamento do Felis silvestris catus vem de um grupo de investigadores da University of Lincoln, no Reino Unido. No estudo que realizaram, os investigadores dividiram os 20 gatos participantes em três situações distintas:

  • um local estranho na presença do dono;
  • um local estranho na presença de um estranho;
  • um local estranho e sem humano.

Em cada uma delas foi analisado o comportamento do animal, utilizando como parâmetros a procura de contacto feita pelo gato, o nível de comportamento passivo e sinais de stress que pudessem estar relacionados com a ausência do dono (quando aplicável).

De acordo com um dos investigadores, Daniel Mills, os resultados nas três situações analisadas foram bastante idênticos e não se mostrou que a ausência do dono pudesse causar ansiedade devido à separação. Mills acredita que, desde que as suas necessidades sejam satisfeitas, os gatos não se preocupam muito com quem estão.

“Although our cats were more vocal when the owner rather than the stranger left them with the other individual, we didn’t see any additional evidence to suggest that the bond between a cat and its owner is one of secure attachment[…]. This vocalisation might simply be a sign of frustration or learnt response, since no other signs of attachment were reliably seen. For dogs, their owners often represent a specific safe haven; however it is clear domestic cats are much more autonomous when it comes to coping with unusual situations.”

Este é um dos motivos que me faz preferir gatos a cães.

via National Post

curiosidades

Um relógio que obriga a fazer contas para saber as horas

O estúdio parisiense de design, MNTNT, desenvolveu um conceito diferente de relógio que parece tão interessante quanto susceptível de dar uma ligeira dor de cabeça quando se tentar ver as horas ao acordar.

O Albert Clock, nome dado ao projeto, mostra as horas de uma forma um pouco diferente: através de uma equação, com quatro níveis de dificuldade ajustáveis.

O lançamento deste relógio está dependente da sua campanha no Kickstarter. O objetivo é de 23 mil dólares, até 27 deste mês. Se estiverem interessados, já sabem o que fazer.

curiosidades

Coimbra passa a ter rede Wi-Fi gratuita (atualizado)

O município de Coimbra passou a disponibilizar, a partir da madrugada de hoje, acesso Wi-Fi gratuito nalgumas zonas da cidade. O anúncio foi feito pelo Presidente da Câmara, Manuel Machado.

Coimbra+ é o nome deste projeto, que abrange a zona história da Alta (classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade), Rua da Sofia, Parque Verde, Praça 8 de Maio, Mercado D. Pedro V, Pavilhão Multidesportos Mário Mexia e Complexo das Piscinas Municipais, para além de outros locais.

No total, serão 24 pontos de acesso, entre interiores e exteriores. De acordo com Manuel Machado, o acesso será gratuito mas obrigará a aceitar “determinadas condições” para que se possa utilizar o serviço.

Uma dessas condições é o registo que deverá ser efetuado no primeiro acesso à rede [um sistema, presumo, semelhante aos serviços Meo Wifi e Nos Wifi]. As restantes serão do conhecimento dos utilizadores quando estes acederem ao serviço (não as localizei no site do município na altura em que escrevia este post).

Por mencionar ficou a questão de segurança dos dados dos utilizadores. A página do município não contém qualquer indicação sobre a forma de gestão e tratamento do fluxo de dados, se vai ser utilizado algum sistema para aceder à informação gerada pelos utilizadores ligados à rede Coimbra+, nem como estará ela protegida de ataques como o Man-in-the-Middle e outros.

Atualização: o site da Câmara Municipal de Coimbra já publicou os Termos e Condições de Utilização da rede Coimbra+

a imagem (cc-by-sa-2.0) deste post é da minha autoria e pode ser encontrada no flickr

curiosidades

Um trio de casas na árvore

Desde muito novo que gosto do conceito de casa na árvore, e ainda hoje gostava de ter uma – assim tenha jardim para tal. Nem me recordo porque começou, mas talvez se tenha mantido por nunca ter conseguido construir uma igual às que via na televisão.

O ambientalista norte-americano Peter Bahouth, residente em Atlanta, desenhou e construiu um trio de casas na árvore, que apelidou de “Mind”, “Body” e “Spirit” (“Mente”, “Corpo” e “Espírito”).

As casas estão interligadas por pequenas pontes e distribuídas como divisões. Uma delas é o quarto e tem uma cama que desliza para forma por forma a permitir uma melhor vista das três construções.

A inspiração de Peter terá sido a sua própria infância, em que teve presente casas na árvores.

Desde muito novo que gosto do conceito de casa na árvore, e ainda hoje gostava de ter uma – assim tenha jardim para tal. Nem me recordo porque começou, mas talvez se tenha mantido por nunca ter conseguido construir uma igual às que via na televisão. E agora quero três como estas.