O Grande Sofá

Quando quero ouvir música, habitualmente uso o Youtube e o Spotify, com uns pós aqui e ali de SoundcloudMixcloud e curseradio (que não é mais que um cliente para o TuneIn). Só que, de vez em quando, lá ligo a VPN e acedo ao Pandora para a minha dose musical. A minha conta neste serviço ainda é do tempo em que eles não tinham restrições geográficas [talvez já tenha feito 15 anos], por isso está bastante personalizada e é uma autêntica linha temporal da evolução e mutação do meu gosto musical. Ela conta podia contar uma história.

true story

Com tantos anos, há sempre a possibilidade de surgir do nada um momento saudosista ou um figurativo murro no estômago. Ontem foi um dia em que estas duas coisas aconteceram em simultâneo, quando decidi abrir uma das playlists mais antigas que tenho no Pandora. De repente, vi-me naqueles anos entre o final da década de 1990 e o início da década de 2000, a ter o primeiro contacto com o Grande Sofá, da Antena 3, o programa de rádio que me fez gostar da Rádio.

Read More

“Queijo fresco (sem lactose) com atum enlatado”, a melhor playlist do Spotify

Não fazia ideia até ter tido a ideia de escrever este post, mas tenho conta no Spotify desde pelo menos Janeiro de 2013, que é a data do email mais antigo (do serviço) que encontro na minha caixa de correio. Só há uns meses, no entanto é que subscrevi a conta premium. Desde então, tenho aproveitado para criar algumas playlists na plataforma.

Isto não é algo exclusivo das contas pagas; estúpido seria se só os utilizadores pagantes pudessem criar listas de músicas. A verdade é que eu não utilizava assim tanto quanto isso o serviço até passar a ter conta paga e por isso não tinha dado a atenção devida às playlists. Para as lides musicais online, normalmente usava o Youtube, o Mixcloud, o Soundcloud e o Shoutcast.

Como pago, acabo por usar mais o serviço, até no carro. E uma das coisas para que eu o uso mais, porque é muito bom para isso, é para descobrir músicas novas. Algumas dessas descobertas têm sido tão agradáveis que há pouco mais de uma semana acabei por criar uma playlist dedicada a elas e a que podem aceder aqui ou ouvir no final do texto.

Não se assustem com o nome. “Queijo fresco (sem lactose) com atum enlatado” foi escolhido porque, tal como as músicas que figuram nesta playlist, também esta combinação de ingredientes (com uma pitada de coentros e sal fino, um fio de azeite e um pingo de vinagre) foi uma muito agradável surpresa.

Boas audições. E caso vos tenha dado a fome: o queijo fresco sem lactose do Lidl é muito bom.

Beach Bums

Hello there, visitor who probably clicked in this link to look at pictures of perky butts on the beach. Sorry to disappoint you, but “Beach Bums” is the name of the first single by Tommy & Linda and a nice, laid-back house song with some great synths. A fitting company for any chilling occasion.

Tommy & Linda – Beach Bums