geekices

Escola cria laboratório de computadores por €0

Com um orçamento de €0, gosto por tecnologias e a sua utilização no ensino, e alguma abertura de espírito, Robert Litt criou um parque informático na sua escola com recurso a computadores doados e sistemas GNU/LINUX

ASCEND computer lab

Portugal, no executivo de José Sócrates, mostrou ao mundo como equipar as salas de aula com computadores modernos e um orçamento grande. Robert Litt, um professor do secundário, fez o mesmo na sua escola, mas sem orçamento disponível e grupos de trabalho para o ajudarem.

Robert é professor na ASCEND, uma escola de artes que pertence ao Alameda County School District, um aficionado por tecnologia e pela sua utilização no ensino. No entanto, esta escola não tinha qualquer laboratório de computadores, nem sequer computadores nas salas de aulas. Para resolver a questão, o professor conseguiu 18 computadores doados para a escola.

Quando testou os computadores, Robert Litt reparou que os sistemas eram lentos e alguns até tinham vírus como extra. Para resolver esta questão, Robert sabia que teria que formatar as máquinas mas, para isso, era necessário adquirir licenças de software, opção que foi prontamente posta de parte devido ao seu custo elevado. A procura de alternativas de custo reduzido ou nulo começou e chegou ao fim quando um conhecido lhe falou de sistemas operativos livres como GNU/Linux.

O conhecimento de Robert sobre GNU/Linux, nesta altura, era nulo. O professor decidiu procurar ajuda e encontrou-a num LUG (Linux User Group) da sua área. Assim que instalou os novos sistemas operativos, os computadores voltaram a ter boa performance e isso fez com que a direção da escola, agradada com a iniciativa, permitisse a Robert procurar mais computadores para aumentar o parque informático da escola.

Hoje, a escola dá-se ao luxo de rejeitar doações de computadores com menos de 512MB de RAM e antiguidade maior que 2002, e continua sem gastar um cêntimo em licenciamento.

via iFixit

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *