O Grande Sofá

Quando quero ouvir música, habitualmente uso o Youtube e o Spotify, com uns pós aqui e ali de SoundcloudMixcloud e curseradio (que não é mais que um cliente para o TuneIn). Só que, de vez em quando, lá ligo a VPN e acedo ao Pandora para a minha dose musical. A minha conta neste serviço ainda é do tempo em que eles não tinham restrições geográficas [talvez já tenha feito 15 anos], por isso está bastante personalizada e é uma autêntica linha temporal da evolução e mutação do meu gosto musical. Ela conta podia contar uma história.

true story

Com tantos anos, há sempre a possibilidade de surgir do nada um momento saudosista ou um figurativo murro no estômago. Ontem foi um dia em que estas duas coisas aconteceram em simultâneo, quando decidi abrir uma das playlists mais antigas que tenho no Pandora. De repente, vi-me naqueles anos entre o final da década de 1990 e o início da década de 2000, a ter o primeiro contacto com o Grande Sofá, da Antena 3, o programa de rádio que me fez gostar da Rádio.

Read More

Planeta de idiotas

Já o tinha dito algumas vezes mas sempre em contexto de brincadeira porque não acreditava nisso, mas afinal, a brincar, tinha razão: o Idiocracy não é um filme de comédia, é uma premonição. Veja-se:

  • o imbecil do trump foi eleito presidente
  • a besta do duterte foi eleito presidente
  • a poia humana que é o bolsonaro vai a caminho de ser eleito presidente

Se a moda pega por cá, daqui a nada estamos a eleger o Bruno de Carvalho ou o Mário Machado para Presidente da República. Ou pior, a reeleger o Cavaco Silva.

Juizinho à primeira vista

Diz que a SIC começou um novo reality show chamado Casados à primeira vista. Confesso que ainda só vi os anúncios televisivos, porque no dia em que aparentemente deu o primeiro episódio (ontem, domingo) eu estava a dormir que nem um calhau depois de duas noites em branco. Só com isto, é difícil formar uma opinião educada acerca do programa. Já da ideia por detrás do programa… Bem, só me ocorre uma coisa: quem é que se mete numa merda daquelas? Parece que eles pagam os casamentos e tal, mas… Quem é que se mete numa merda daquelas? O meu cérebro de ervilha não consegue ver sentido em tal coisa. Ou como a minha mãe dizia: «a saúde faz falta mas o juízo faz mais».

Adenda: obrigado ao @jmcest por ter partilhado esta link, tão enquadrada que é com esta temática.

Integrate Firefox with the Plasma Desktop

Lately, I’ve been switching between Gnome and Plasma. Both are great desktop environments and, like all the other software in the world, both have some shortcomings. So, this is not a flamewar post, nor is intended to start yet another one.

Yesterday, I logged on a Plasma session and opened Firefox to check my email, social network accounts and read the news. Moments after firing up the browser, I got a Plasma notification about an integration with my browser of choice. I clicked on it and it opened the page for an add-on on the official add-ons website for Firefox.

The name of the add-on was Plasma Integration. On the description it read:

Multitask efficiently by controlling browser functions from the desktop, even while Firefox is in the background. Manage audio and video playback, check downloads in the notification area, send files to your phone using KDE Connect and more inside the KDE Plasma Desktop!

I was struck. This set of functionalities provided by the add-on are what I long wanted for Firefox on a desktop environment, especially the KDE Connect integration.

This means one less shortcoming in the Plasma Desktop. So, thank you, Plasma developers and community.